07:15

A Gripe do Crítico

E chegou o momento, após anos de torresmo e lingüiça, chegou a vingança dos porquinhos. Transmitindo um vírus mortal, sem cura, sem tratamento, e sem coração, os porquinhos querem retomar a ordem global. Mas os violentos amiguinhos cor-de-rosa não são os primeiros animais a querer acabar com a raça humana, você bem se lembra da gripe do frango, da doença da vaca louca, entre outras mazelas furiosas.


Entretanto, eu tenho certeza que há outras gripes que nos atacaram e não foram detectadas. Mas o infalível departamento médico do Veja Bem está disposto a reconhecer e identificar tais enfermidades. Por exemplo, aposto que você não conhece a Gripe das Cobras, que ataca todo político brasileiro o transformando em um espécime traiçoeiro e incapaz de curar-se da cleptomania.



A Gripe do Escorpião, transmitida por este animal violentíssimo, transforma cidadão em assassino, estuprador, esquartejador, seqüestrador e corintianos em geral. A Gripe do Veados banaliza, humaniza e torna o homossexualismo algo quase obrigatório. A terrível virose chamada Gripe das Cadelas tem atacado cada vez mais moças do mundo inteiro, em especial observo o Brasil, fazendo com que as pobres se tornem expositoras involuntárias do seu corpo, também conhecida como Febre da Bunda.

A Gripe do Touro ataca os homens, os transforma em terríveis machistas, agressivos, dominadores inveterados e possíveis chifrudos. A Gripe do Pitbull ataca vários jovens com uma mania de luta e violência que os faz brigadores incansáveis. E há vários outros distúrbios que a equipe do Veja Bem cuidará de encontrar e denunciar. Estas moléstias não serão combatidas pela ANVISA, a Organização Mundial de Saúde não distribuirá máscaras. É papel de cada cidadão se proteger.

Filosofias alternativas, fundamentalismos agressivos nos deixam cada vez mais vulneráveis à infecção. Conservadorismo ou não, o Veja Bem continua a insistir que o caminho que a sociedade vem tomando está indo longe do ideal, não há liberdade, há anarquia. A doença da utopia de liberdade, a Gripe dos Pássaros é apenas uma ilusão, e esta não tem cura, esta é fatal.


PS: A Gripe do Crítico, animal de forma desconhecida, tranforma escritores de botequim e graduandos de qualquer coisa em reclamões descarados e normalmente sem fundamentos. Quem encontrar a cura, por favor, me comunique.

4 comentários:

Jaum disse...

Essas gripes são marolinhas...

...como diria muitos..."é a abundância de liberdade que está estragando a porra toda"

Celina Modesto disse...

você é mesmo conservador. Será que tem cura pra isso? hauhauhauahuhauahua =X
brincadeira!
gostei do texto! E não me identifiquei com nenhuma dessas gripes (que bom!), mas devo ter alguma ainda desconhecida, como gripe das baixinhas ou something like that!
;)

Paula disse...

febre da bunda HAEUEHOIEUHEIA XD

faltou a doença que é capaz de transformar mulheres em frutas ou outros 'podrutos' de quitanda.

Fábio Nobre disse...

Putz....esqueci essa, eu tinha pensado nela quando tava imaginando o texto...